Piaui Hoje





Geral

Histórico

Acidente em Campo Maior foi o 5o mais grave da história recente do PI

Atualizado em 26/04/2011 - 16:55 h
Tamanho da fonte: 15    
Veículo é da Prefeitura de Piracuruca Veículo é da Prefeitura de Piracuruca (Foto: Da redação)
 As operações Tiradentes e Páscoa promovidas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas BRs que cortam o Piauí, iniciadas a zero hora de 21de abril e concluídas à meia-noite deste domingo, registraram somente duas vítimas fatais. Este número foi bem abaixo dos cinco falecimentos verificado nas operações do ano passado. Porém, um dia antes, acidente na BR 343, próximo a Campo Maior, deixou sete pessoas mortas.

Mesmo não entrando na contabilidade oficial das operações, esta ocorrência que envolveu três veículos, entre eles uma Kombi da Prefeitura de Piracuruca, onde estavam todas as vítimas fatais do acidente, entrou para os anais estatísticos da PRF no Estado, como a quinta maior tragédia ocorrida nas rodovias federais piauienses. Foram sete mortos e três pessoas feridas em um único incidente.
Confira o HotSite do 'Supermercado Pão de Mel'

Antes desse acidente em Campo Maior, próximo a curva da raposa, tiveram as seguintes ocorrências:

1989 - acidente envolvendo ônibus próximo a Piracurura - 32 mortos
2003 - acidente envolvendo ônibus próximo a Altos - 12 mortes
2001 - acidente envolvendo uma van próximo a Amarante - 11 mortos
2005 - acidente envolvendo ônibus em Buriti dos Lopes - 10 mortos


Nesta última tragédia, ocorrida há quase seis anos, o motorista Derivaldo Sousa, o Deri, perdeu dois irmãos e uma cunhada. Ele ainda lembra muito bem do acidente e diz que no momento o impacto foi tão grande que não ação. “Mas, como tinha que tratar do translado, velório e enterro de meus parentes tive que ser forte”, disse Deri. O acidente envolveu três ônibus de turismo que levavam mais de 40 teresinenses para passar final de semana no litoral.

Já o inspetor Raimundo Rameiro, chefe do setor de fiscalização da PRF, conta que não é comum ter grandes catástrofes nas rodovias federais que cortam o Estado. “Como vemos, existe sempre um espaço considerável de tempo entre um e outro”, disse. Porém, ele ressalta que um dos maiores fatores para os acidentes continuam sendo a imprudência. “É preciso ter muito cuidado ao dirigir, nunca ingerir bebida alcoólica e andar no limite da velocidade”, conclui.

De acordo com as estatísticas da PRF, no primeiro trimestre deste ano já foram registrados 678 acidentes, com 392 pessoas feridas e 58 mortes. Na comparação com o primeiro trimestre de 2010 houve crescimento nos três itens: acidentes 605, com 343 feridos e 55 mortos, ou seja, o aumento é de 73 acidentes, 49 feridos e três mortes, percentualmente isso representa 10,7%, 12,5% e 5,2% respectivamente.


Fonte: Da redação  |  Editor: Orlando Portela

Comentarios



Assine nosso newsletter




© 2014. | Piauí Hoje | Todos os direitos reservados. Emails para contato: redacao@piauihoje.com - comercial@piauihoje.com - financeiro@piauihoje.com Rua Dr. Ocílio Lago - 1197 - Ininga - Teresina(PI) - CEP - 64048-025 - Telefones do Piauí Hoje: (86)3237-1000 e (86)9987-9655