Geral

Lady Gaga é chamada de satânica por radicais indonésios

Ativistas islamitas participam de protesto em 29 de abril contra apresentação da americana Lady Gag
Fonte: G1 09/05/2012 10:02 - Atualizado em 18/08/2016 20:35
Lady Gaga, que é chamada de satânica por radicais indonésios Lady Gaga, que é chamada de satânica por radicais indonésiosFoto: Oscar Siagian/AFP
Uma organização islamita da Indonésia, país muçulmano de maior população do planeta, prometeu nesta quarta-feira (9) reunir milhares de partidários para perturbar a apresentação da estrela pop e ícone do movimento gay Lady Gaga, que é chamada de "satânica".

A Frente dos Defensores do Islã (FPI), conhecida pelo violentos ataques a bares e casas de massagem, anunciou que pretende reunir 30.000 manifestantes na capital Jacarta em 3 de junho, data do show da cantora, para impedir que ela manifeste sua "fé satânica", declarou à AFP o presidente da Frente, Salim Alatas. "Tem um estilo vulgar e seus objetos sexuais e indecentes vão destruir a moralidade de nossos filhos. É muito perigosa", disse.

O Conselho dos Ulemás, a maior instância religiosa islâmica na Indonésia, já havia criticado a visita da celebridade. "Peço a Lady Gaga que respeite nossa cultura e nossas tradições. A maioria das pessoas aqui é muçulmana e não podemos tolerar as roupas e as atuações sexy", declarou recentemente à AFP o chefe do conselho, Amudhan.

A Indonésia tem 240 milhões de habitantes, a maioria muçulmanos, que praticam em grande parte um islã moderado. Os 40.000 ingressos para o show foram vendidos em duas semanas.

Comentários