Piaui Hoje





0

Alerta

Remédio para emagrecer pode causar cegueira

Atualizado em 08/08/2012 - 17:41 h
Tamanho da fonte: 15    
Aumentou em 62% o consumo do anticonvulsivante, Topiramato, no primeiro semestre deste ano Aumentou em 62% o consumo do anticonvulsivante, Topiramato, no primeiro semestre deste ano (Foto: Reprodução)
Para perder peso muitas pessoas fazem qualquer negócio. A prova disso é o aumento de 62% no consumo do anticonvulsivante, Topiramato, no primeiro semestre deste ano. É o que revela o levantamento feito pela Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos do Estado de São Paulo) que compara o consumo atual ao mesmo período de 2010, antes da proibição dos medicamentos para emagrecer pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

De acordo com o oftalmologista do Instituto Penido Burnier, Leôncio Queiroz Neto, o problema é que um relatório do FDA (Food and Drugs Administration), agência americana similar à ANVISA, mostra que o Topiramato aumenta o risco de contrair miopia aguda e glaucoma secundário de ângulo fechado, maior causa de cegueira definitiva no mundo.

O médico diz que a doença, causa o dobro de cegueira definitiva que o glaucoma de ângulo aberto, embora tenha incidência menor. É caracterizada pelo aumento súbito da pressão intraocular e dor intensa nos olhos. Em muitos casos não dá para fazer nada. Embora este efeito colateral sobre os olhos não seja muito comum, ele diz que já atendeu uma paciente que com menos de um mês de uso da droga chegou à consulta com a visão embaçada e forte dor nos olhos.

Mulheres são mais vulneráveis
O especialista destaca que o relatório do FDA mostra que de 49 pacientes que contraíram glaucoma usando Topiramato, cerca de 68% eram mulheres. Ele explica que a mulher tem mais predisposição a contrair o glaucoma por ter a câmara anterior mais estreita. O medicamento provoca edema no cristalino e no corpo ciliar, diminuindo ainda mais este espaço. Resultado: A falta de espaço para escoamento do humor aquoso, aumenta a pressão interna do olho, principal fator de risco para uma crise de glaucoma de ângulo fechado. De acordo com o médico, quem tem hipermetropia também é mais suscetível, pelo mesmo motivo – câmara anterior do olho mais estreita.


Fonte: Assessorias  |  Editor: Paulo Pincel

Comentarios


ULTIMAS NOTÍCIAS


Assine nosso newsletter




© 2014. | Piauí Hoje | Todos os direitos reservados. Emails para contato: redacao@piauihoje.com - comercial@piauihoje.com - financeiro@piauihoje.com Rua Dr. Ocílio Lago - 1197 - Ininga - Teresina(PI) - CEP - 64048-025 - Telefones do Piauí Hoje: (86)3237-1000 e (86)9987-9655