CAR MAIS

Tomada de liderança

Confira as novidades do mundo automobilistico


BMW i3

BMW i3 Foto: Divulgação

Tomada de liderança
O BMW Group Brasil segue firme na transformação da mobilidade premium e acaba de atingir cento e oitenta pontos de recarga para veículos híbridos e elétricos no país. Esse número superou as estimativas da fabricante e revela o seu compromisso com a estratégia de eletromobilidade da empresa. 

Além dos pontos de recarga urbanos, há o corredor elétrico Rio-São Paulo, inaugurado em junho de 2018, como o maior da América Latina, com seis pontos de recarga entre as cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro. Os carregadores de estrada oferecem recarga em 50kW, capaz de carregar 80% da bateria de um BMW i3 em meia hora, tempo suficiente para um café e um lanche antes de seguir viagem. 

A BMW Wallbox, instalada nos parceiros urbanos, opera em até 21kW, a maior potência entre os carregadores das montadoras premium, e fornece ao i3 1,14 quilômetro de autonomia por minuto de recarga. “Investimos de forma duradoura e consistente na infraestrutura da eletromobilidade no país, e os resultados deste ano superaram a expectativa inicial de cento e cinquenta pontos de recarga elétrica. Estamos preparados para os novos desafios da indústria nos próximos anos, ampliando a rede de assistência técnica a veículos desse tipo”, afirma Gleide Souza, diretora de Assuntos Governamentais do BMW Group Brasil.
  Mustang Boss 429Um ícone nascido da Nascar
Modelo de alta performance oferecido pela Ford em 1969 e 1970, o Mustang Boss 429 é considerado um dos mais raros e valorizados da linha. O modelo surgiu da necessidade da Ford de homologar o motor 429 semihemisférico para as corridas da Nascar – a categoria exigia das fabricantes a produção de pelo menos quinhentos carros com o mesmo motor. Acabou tendo 1.359 unidades produzidas. 

A Ford adaptou o compartimento do motor do Mustang Cobra Jet para acomodar o enorme 429, com potência de 380 cavalos e torque de 62 kgfm, com transmissão manual de 4 velocidades. Para compensar o peso dianteiro, o Mustang recebeu barra estabilizadora traseira, aprimorando a dirigibilidade. Contava também com spoiler dianteiro, espelhos de competição, resfriador de óleo do motor e diferencial traseiro com escorregamento limitado. Um exemplar do Mustang Boss é destaque no museu da Ford em Detroit.
 Renault ZoeCompartilhamento esperto
O sistema de carros elétricos compartilhados VAMO (Veículos Alternativos para Mobilidade), em Fortaleza (CE), recebeu dez novos veículos Renault Zoe. O VAMO é uma iniciativa inédita no Brasil e propaga a cultura dos carros compartilhados 100% elétricos. O sistema de “carsharing” foi implantado em 2016 em parceria entre a Prefeitura Municipal de Fortaleza, o Sistema Hapvida (patrocinador do projeto) e a Serttel (responsável pela operação e manutenção). O principal benefício do sistema é que incentiva energias limpas e renováveis, não emitindo gases e poluição sonora, assim como já acontece em operações semelhantes na Europa, como Paris, Milão e Londres, e nos Estados Unidos, e deve se espalhar pelo Brasil. 

Para retirar o carro das estações é necessário ao motorista ter um cadastro no VAMO, que deve ser feito pelo site do programa (vamofortaleza.com.br), preenchendo informações como nome, telefone, CPF, endereço e o número da carteira de motorista de habilitação B ou superior. Pioneira na tecnologia para veículos elétricos, a Renault também é referência em projetos envolvendo mobilidade zero emissão. Em Madrid, capital da Espanha, o projeto Zity disponibiliza seiscentos Zoe em formato de compartilhamento, com reserva feita diretamente pelo aplicativo. Na França, nas cidades de Paris e de Clichy, o Moov’in Paris disponibiliza cem Zoe e vinte Twizy. No Brasil, a marca desenvolve diversos projetos de mobilidade zero emissão. Em Fernando de Noronha (PE), por exemplo, seis veículos 100% elétricos são usados pela administração e circulam pela ilha, sendo três Zoe, dois Twizy e um Kangoo Z.E..
McLaren 620RDas pistas às ruas
A McLaren Automotive anuncia o 620R, o primeiro carro de sua classe a oferecer verdadeiras credenciais de corrida em um pacote totalmente legal para andar nas ruas. O cupê de edição limitada - apenas trezentos e cinquenta serão construídos - evolui as especificações de competição do McLaren 570S GT4 para oferecer uma experiência de um automóvel de corrida em pista ou estrada. “O McLaren 570S GT4 é um carro GT de primeira classe que venceu corridas em todos os campeonatos desde sua primeira aparição, em 2017, e está atraindo um número crescente de equipes de corrida e de clientes comuns. 

Agora, em resposta a repetidas solicitações dos clientes, homologamos o pacote líder da classe para as ruas com o novo McLaren 620R, um cupê superleve de 620 cavalos feito em edição limitada, a escolha perfeita para um entusiasta que deseja uma autêntica sensação de pilotagem, com desempenho condizente na pista e na estrada”, vibra Mike Flewitt, CEO da McLaren Automotive. O 620R tem o mesmo motor M838TE V8 biturbo 3.8 usado no GT4, mas com uma diferença significativa na entrega de potência: a libertação das regulamentações de competição permitiu que o ECU do motor e o gerenciamento do turbocompressor fossem reconfigurados para atingir 620 cavalos, tornando esse o Sports Series mais potente do mundo. O motor desenvolve torque de 66 kgfm, ou seja, um soco, permitindo que o carro acelere de zero a 100 km/h em 2,9 segundos, com velocidade final de 322 km/h.
 Kia RioE o Rio vem
Depois de dez anos de idas e vindas, promessas e cancelamentos, a Kia Motors finalmente confirma a chegada do Rio ao mercado brasileiro a partir da segunda quinzena de janeiro de 2020. A princípio, serão duas versões – LX e EX – equipadas com motor 1.6 de quatro cilindros 16V bicombustível capaz de desenvolver 130 cavalos com etanol, acoplado ao câmbio automático de 6 velocidades. O aguardado Kia Rio vem equipado com sistema multimídia com tela de 7 polegadas sensível ao toque e conectividade com smartphones por meio do Android Auto e do Apple CarPlay. 

 “Na categoria hatch compacto, na qual está inserido, o Rio terá uma posição de destaque, por seu design exterior, qualidade superior de acabamento e itens de conectividade ao público que se destina, o de jovens. Por ser um dos modelos mais vendidos da Kia Motors no mundo, temos convicção que o Rio também cairá no gosto do jovem consumidor brasileiro”, argumenta José Luiz Gandini, presidente da Kia Motors do Brasil.
- Volkswagen UpReparando bem
O Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária) lança a décima primeira edição do ranking Car Group 2019, que indica carros com os melhores índices de reparabilidade ao longo do ano, uma informação essencial para a evolução do mercado automotivo. Os veículos de passeio foram avaliados em onze categorias: hatch sub-compacto, hatch compacto e off-road, picape compacta cabine simples e dupla, sedã compacto e médio, minivan compacta, station wagon compacta, utilitário esportivo e utilitário esportivo off-road. A Volkswagen foi a marca com o maior número de modelos entre os mais baratos de se reparar (oito), com destaque para o Up. A Citroën ficou em segundo lugar com duas premiações e a Suzuki teve um carro. 

“O ranking tem como objetivo trazer aos consumidores informações relevantes para a escolha do veículo. Além disso, contribui positivamente para o desenvolvimento do negócio de seguradoras e montadoras, que podem utilizar o levantamento como indicador para a criação de produtos, serviços e até para precificação de peças”, avalia Emerson Feliciano, gerente sênior de Pesquisa e Desenvolvimento do Cesvi Brasil.

Acidente de TrânsitoDPVAT sobrevive
O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu os efeitos da Medida Provisória 904/2019, que extinguiria o Seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres) a partir de 1º de janeiro de 2020. A decisão foi tomada a partir de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 6262) apresentada pelo partido Rede Sustentabilidade contra a MP. A sigla questionou a ausência de urgência e relevância da medida. Por seis votos a três, o STF decidiu pela aplicação da medida cautelar até a conclusão da análise da MP pelo Congresso Nacional ou até o julgamento de mérito. 

O relator da ação, ministro Edson Fachin, havia sido o primeiro a votar pela suspensão da Medida Provisória em julgamento virtual. Em novembro, o Governo Federal assinou a MP indicando o fim do Seguro DPVAT. Com a decisão do STF, a partir de janeiro, o benefício permanece valendo com o pagamento das indenizações às vítimas de acidentes de trânsito de todo o país. Além disso, o Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) deverá definir os valores dos prêmios para o início da arrecadação. O calendário de pagamento do Seguro DPVAT pelos proprietários de veículos segue o vencimento da cota única ou da primeira parcela do IPVA de cada Estado.
RevisãoViagem tranquila
É comum que as famílias se juntem para viajar de carro. Devido ao aumento do número de veículos nas estradas, os acidentes acabam ocorrendo com grande frequência. Apesar dos dados da Operação Ano Novo, feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) de 28 de dezembro de 2018 a 1º de janeiro de 2019, mostrarem uma redução de 30% no número de acidentes e de 20% no número de mortes em relação ao mesmo período do ano anterior, é fundamental ficar atento a diferentes questões do automóvel. Cinco cuidados com o carro são fundamentais. Seguir o Manual do Proprietário, mesmo após o vencimento da garantia. 

Parte das pessoas, após a finalização do período de garantia do veículo, faz apenas a manutenção corretiva, quando o carro quebra ou apresenta algum defeito visível. É importante que a manutenção preventiva, prevista pelo manual de manutenção por meio da quilometragem, continue sendo feita, consistindo em observar itens de desgaste natural, como correias, velas, líquido do radiador, troca do óleo do câmbio e do motor e pastilhas e lonas de freio. Verificar o desgaste dos pneus. Dependendo do nível do desgaste, deve-se fazer sua troca e um alinhamento da direção para evitar o desgaste irregular da banda de rodagem e um balanceamento para que a direção não vibre em determinadas velocidades. Fazer paradas. Os veículos são projetados para uso em condições contínuas, mas isso não elimina a necessidade de se fazer paradas durante a viagem. Esses intervalos são necessários para o descanso do motorista. 

Cada pessoa tem um limite de fadiga na direção, porém, é recomendada uma parada de quinze minutos a cada duas horas ao volante. Conferir os detalhes, mesmo se o veículo for novo. Quando o modelo do carro é mais recente, a quantidade de itens que deve ser observada é menor, pois a maior parte das suas peças continua em boas condições e correm menos riscos de apresentarem problemas. Ainda assim, é necessário fazer uma checagem geral dos pneus, dos faróis e do óleo do motor antes de partir. Cuidados além do veículo. Outro item que muitas pessoas esquecem de verificar é se a documentação do motorista e do veículo estão em ordem, ou seja, se a carteira de habilitação e o licenciamento não estão vencidos. Rodar de maneira irregular, além de representar um risco, pode acarretar em multas ao proprietário do automóvel e apreensão do veículo.

Fonte: Agência AutoMotrix

Próxima notícia

Dê sua opinião: