EM CAIXA

Rafael Fonteles revela que os R$ 293 milhões do Finisa já estão na conta do governo

Wellington Dias adianta que serão 'destravadas' 158 obras em andamento no Piauí


Secretário de Estado da Fazenda, Rafael Fonteles

Secretário de Estado da Fazenda, Rafael Fonteles Foto: AsCom/Sefaz

O R$ 293 milhões do Finisa já estão na conta do Governo do Estado, depois de um ano de espera, comemorou o secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, em entrevista na manhã desta terça-feira (9). "Uma longa novela que, inclusive,  judicializada. Depois de mais de um ano conseguimos comprovar toda a prestação de contas, a legalidade dos atos. Tivemos diversas vitórias no TCU, TCE e no TRF. O recurso já está na conta do Estado e, portanto, será imediatamente dado prosseguimento ao pagamento de mais de uma centena de obras", adiantou o secretário. 

Entre as obras que serão retomadas estão a conclusão do Centro de Convenções de Teresina e a adutora do litoral.  “Mobilidade urbana (calçamento e asfaltamento urbano, pontes), infraestrutura rodoviária (cerca de 15 a 20 rodovias que serão construídas ou restauradas) e outras ações estruturantes como a adutora do litoral, o Centro de Convenções, aeródromos no interior do Estado em cidades-pólos que ainda não têm o seu aeroporto ou precisam ser reformados", explicou Rafael Fonteles, entrevistado do programa Notícia da Manhã (TV Cidade Verde) nesta terça-feira.

O próprio governador Wellington Dias adiantou que a liberação do dinheiro do Finisa representa o destravamento de 158 projetos no Piauí. “São obras desde simples calçamento a rodovias. Obras como a adutora do litoral. Investimentos que geram empregos. Algo em torno de 7 a 8 mil empregos. Ficamos 1 ano e 8 meses aguardando. Vem junto com a liberação de R$1, 5 bilhão de recursos do Fundef. É um compromisso de investimentos na educação. Isso que vai acontecer. Estou animado com a possibilidade de receber o dinheiro da Cepisa. A União nos deve e por meio e uma conciliação no Supremo. São cerca de R$ 900 milhões”, contabilizou Dias.

Plano Mansueto

O secretário Rafael Fontelles adiantou que outras verbas federais deverão ser liberadas em breve para o governo do Piauí . "Aguardamos a aprovação pelo Congresso do 'Plano Mansueto', que permite que estados como o Piauí possam acessar recursos de operações de crédito dentro de um programa de ajuste fiscal. Assim que esse projeto de lei do Governo Federal for aprovado, a gente vai encaminhar para Assembleia Legislativa do Piauí. Em tese, seria um pouco mais de R$ 1 bilhão nessa nova operação de crédito", previu.

Fonte: TV Cidade Verde

Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Paulo Pincel

Paulo Pincel

Paulo Barros é formado em Comunicação Social-Jornalismo/UFPI; com Especialização em Marketing e Jornalismo Político/Instituto Camilo Filho

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete

Diante dos últimos acontecimentos, qual Poder está em mais descrédito?

ver resultado