Turismo no Chile

Santiago retoma normalidade no comércio e transporte

Crise no Chile


Chile

Autoridades de Turismo do Chile também informam que os aeroportos de Santiago e demais regiões estão operando normalmente e sem alterações em voos, bem como a prestação de serviços turísticos.

 A Subsecretaria de Turismo, juntamente   com o Serviço Nacional de Turismo (Sernatur), informaram neste domingo (27), que a atividade turística segue operando em grande parte do Chile, com os destinos mais visitados recebendo turistas normalmente, como San Pedro de Atacama, Vale do Elqui, Rapa   Nui (Ilha de Páscoa), Ilha Juan Fernández, Patagônia Chilena e Parque Nacional Torres del Paine, entre outros.

Quanto à situação na capital, Santiago, ambas as entidades afirmam que a normalidade foi retomada. O comércio na cidade foi reaberto e já funciona normalmente, com algumas exceções no centro, onde opera parcialmente. O mesmo vale para o transporte público, que está retomando gradualmente sua operação usual, com a maior parte das estações de metrô funcionando normalmente. Já a hospedagem turística funciona normalmente, com algumas exceções específicas no centro da cidade.

Nas cidades de Valparaíso, Concepción, Coquimbo e Rancagua, o comércio e o transporte funcionam normalmente, com algumas poucas alterações.

As entidades declararam ainda que não há mais restrição de deslocamento nas vias públicas , e os principais eventos programados no país em novembro e dezembro estão mantidos.

O Aeroporto Internacional Arturo Merino Benítez, em Santiago, está totalmente operacional, e a programação de voos das companhias aéreas funciona no momento sem alterações. Transfers e táxis de e para o aeroporto voltaram a funcionar normalmente. Todos os demais aeroportos chilenos também estão operando sem alterações.

Quanto aos terminais de ônibus, não há nenhuma alteração no funcionamento.
Ambas as instituições reiteraram a importância do turista ter cautela neste momento. A orientação é a de reunir informações básicas sobre os destinos a serem visitados,  além de adotar comportamentos de autocuidado e respeitar as regras estipuladas pelas autoridades locais.

É recomendável entrar em contato com os Escritórios de Informação Turística em caso de dúvidas, usar táxis oficiais nos aeroportos e contratar serviços turísticos legais  e registrados no Sernatur.

Links de interesse:

 

Fonte: Sernatur

Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Francisco Correia

Francisco Correia

Francisco Correia, Turismólogo(AESPI) Especialista em Geografia e Meio Ambiente(UFPI), Coordenador de Estágios e Egressos da Aespi/Fapi (www.aespi.br). contato: Email:correia.fm@gmail.com Whatsapp: (86) 9 9996.8772

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete

O STF deve afastar Deltran Dallagnol da chefia da Lava Jato?

ver resultado