MUDANÇA

Caixa Econômica vai apresentar proposta de demissão voluntária para funcionários

O número de superintendências de rede e varejo deve subir de 92 para 412; novos cargos de gerente serão criados


Agência da Caixa Econômica

Agência da Caixa Econômica Foto: Agência Brasil

A estrutura administrativa da Caixa Econômica Federal será reformulada e dentre as mudanças está previsto um plano de demissão voluntária (DPV), além do fechamento de agências pelo país e criação de superintendências.

Contudo, mesmo com o plano de demissão, há previsão de criação de 3, 6 vagas para gerente e de 2,6 mil para assistentes que serão preenchidas por funcionários atuais. A proposta será apresentada ao Conselho de Administração da CEF.

Dessa forma, o número de superintendências de rede e varejo deve subir de 92 para 412. Além disso, a instituição criará 57 superintendências de governo e 54 de habitação, hoje inexistentes na atual estrutura.

Atualmente o banco conta com 184 superintendências regionais, com a redução o número pode descer para 154. A ideia é que cada novo superintendente fique responsável por, no máximo, 15 agências.

Próxima notícia

Dê sua opinião: