OBRA

Inauguração do Centro de Convenções de Salvador trará um milhão de novos turistas

Previsão de inauguração é para o dia 21 de dezembro


Centro de Convenções de Salvador

Centro de Convenções de Salvador Foto: Divulgação

O novo centro de convenções de Salvador já tem data marcada para inauguração. Com previsão para entrega no próximo mês, no dia 21, o espaço já possui um evento agendado para 2020. O prefeito ACM Neto (DEM/BA) revelou que em 2020 a Bienal do Livro vai ser realizada no local, além da possibilidade de mais 30 eventos até 2024.

Desse total de eventos, cinco seguem confirmados para o ano seguinte. Isso é anunciou a empresa francesa GL Events, proprietária do espaço. Lembrando que, com a operação do centro de convenções, aumentam-se as expectativas para o turismo de negócios em Salvador.

Investimento da GL Events

A GL Events é uma multinacional francesa que administrará todo o equipamento e espaço por 25 anos. Fica em sua responsabilidade o cuidado com a manutenção e a captação para contratar os eventos.

Em declaração, o CEO da GL Events, Damien Timperio, revelou que, ao final da obra, a captação dos eventos vão ser ativas e agressivas, além de garantir que a cidade entre na categoria de maior cidade de turismo.

“A empresa já está começando a prospectar eventos. O prazo para assinar contratos de peso internacionais ou nacionais leva de seis a 12 meses...”, Timperio completou “Para a empresa, a meta é devolver a Salvador a posição de terceira maior cidade em turismo de negócios do país”.

Atualmente, a GL Events também faz a administração do Riocentro e da Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, e da São Paulo Expo, em São Paulo.

A gestão da GL Events ocorre com um investimento de R$ 10 milhões em outorga fixa. O pagamento vai ser feito em duas parcelas, sendo uma imediata, com a assinatura do contrato, e a seguinte depois de seis meses de concessão. Ao completar seis anos, a gestora precisa efetuar uma outorga variável de 5% da receita bruta do período, além de investir mais R$ 14 milhões.

A empresa também fica responsável pelas tarifas de locação. Já para a construção do centro, o investimento da prefeitura foi de R$ 126 milhões.

Variedades de eventos no centro de convenções

Durante a assinatura da concessão, estavam presentes o prefeito, o CEO da GL Events, Damien Timperio, o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura e Obras Públicas, Bruno Reis, e o secretário de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco, entre outros. Assim, o prefeito ACM Neto afirmou que o espaço vai ter uma agenda diversificada, principalmente nos períodos de março a dezembro, época de baixa estação para o turismo.

Lembrando que o ACM revelou que em 2020, a Bienal do Livro vai ser realizada na cidade. E apesar da polêmica no Rio de Janeiro, o gestor afirma que em Salvador não vai ter qualquer censura: “...vai ser um dos grandes eventos do próximo ano do centro de convenções. E vai acontecer do jeito que é o povo baiano, sem nenhum tipo de censura ou restrição à produção literária”.

Avanço das obras

O centro vai ser a terceira maior estrutura municipal do tipo no país, e já está com 65% de suas fases concluídas. A parte de intervenções está em avanço nos pavilhões A, B e módulo central. Nestas, segue a finalização da instalação dos dutos de ar-condicionado, seguido para os itens de climatização, rede de combate a incêndio, assim como a infraestrutura das instalações elétricas e hidrossanitária e instalação do piso da área do foyer principal.

Na parte externa, os serviços de pavimentação estão adiantados. Nesse espaço está sendo inserido os pisos de granito e porcelanato. Ainda, as arquibancadas estão em construção, assim como o palco para shows ao ar livre.

Estrutura do centro de convenções de Salvador

As instalações do centro de convenções possuem o formato de uma pomba, símbolo presente na bandeira de Salvador. O terreno construído apresenta uma média de 37 mil m² em uma área de 103 mil m². O espaço possui capacidade de receber 14 mil pessoas.

Além disso, o local conta com oito auditórios moduláveis de 800 m². São seis salões de 522 m² e salas de, em média,  236 m². Estas podem ser usadas como camarotes para shows externos e internos.

O estacionamento possui capacidade de 1,4 mil veículos, além do equipamento ter três pavimentos, todos climatizados e com boa acessibilidade.

Com uma estrutura de primeira, o espaço, além de trabalhar com alta qualidade, vai utilizar equipamentos autossustentáveis. Além disso, todos os materiais da construção são antissalitre, assim evita-se corrosões das instalações.

Turismo

Ano passado, conforme o secretário municipal de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco, Salvador recebeu 9,3 milhões de turistas. Para 2020, a expectativa cresce, e o objetivo é ter 1 milhão de turistas a mais anualmente, devido ao centro de convenções.

 

Novo Centro de Convenções de Salvador

O vice-presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens - Seção Bahia (Abav-BA), Jorge Pinto, coloca alta expectativa na agenda do centro, que, desde já, apresenta contatos com os agentes de viagem: “... os nossos agentes de viagem, já estão fazendo contato no Brasil e exterior para que essa retomada já comece a acontecer no próximo ano”.

O presidente da Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (Febha), Silvio Pessoa, falou que a cidade estava “órfã” até antes do equipamento estadual desabar, em 2016.

“Felizmente, o prefeito ouviu os anseios do trade e construiu um centro que vai atender às necessidades dos hoteleiros, mas também de 50 outros setores que vão ganhar com isso”, pontuou Pessoa.

Próxima notícia

Dê sua opinião: