CORONAVÍRUS

"É melhor a economia quebrar que ver nossa gente morrer", alerta Firmino Filho

Prefeito fez alerta após Teresina registrar quinta morte por Coronavírus; jovem de 22 anos morreu hoje (09)


Prefeito Firmino Filho

Prefeito Firmino Filho Foto: Piauihoje.com

Após a quinta morte registrada em Teresina por Coronavírus nesta quinta-feira (09), o prefeito Firmino Filho voltou a endurecer o discurso ao alertar a população para que fique em casa, evite aglomerações e contribua para o enfrentamento ao novo vírus na capital. 

"Qual a vantagem para a prefeitura de fechar o comércio? O prejuízo econômico também é da municipalidade, mas é melhor quebrar, passar por dificuldades financeiras do que ver nossa gente morrer, do que ver famílias destruídas. É um absurdo que eu tenha que dizer isso, mais absurdo ainda é ver que as pessoas não acreditam, não entendem, quanto mais demorar para você se convencer que a situação é grave, mais grave ela vai ficar. Fique em casa", apelou.

O gestor ressaltou que a quinta morte em Teresina é de uma jovem de 22 anos que teve “amplo contato social”, ou seja, desrespeitou as medidas de isolamento social. Para Firmino, os piauienses convivem com o Covid-19 mais próximo do que imaginam.

"Teresina chega a sua quinta morte por Coronavírus. As últimas duas vítimas são moradores de bairros populares da nossa cidade, uma delas uma jovem de 22 anos. Certamente antes de serem internadas ambas as vítimas tiveram amplo contato social, o que nos faz acender uma luz vermelha. Tenho pedido repetidamente que Teresina fique em casa, isso não é aleatório, isso não é por capricho. Não sou de bravatas, reafirmo que a atuaçõ notificação de coronavírus no Piauí e em Teresina não reflete a realidade", disse.

Firmino reconheceu o momento de crise e dificuldade que o país enfrenta, mas ressaltou as medidas adotadas em Teresina para minimizar os efeitos da pandemia.

"O Ceará tem 1300 casos, o Maranhão tem 270, imaginar que o Piauí tem apenas 38 casos é ingenuidade, infelizmente ainda não estamos conseguindo testar o suficiente. Acredite, eu e você estamos convivendo com o novo Coronavírus mais perto do que o que imaginamos. Sei que muita gente está sofrendo, penso nisso toda hora, é por isso que em duas semanas distribuímos cem mil cestas básica, é por isso que o Congresso Nacional aprovou e o Governo Federal já começou o processo de pagamento do auxílio emergencial, estamos atentos e trabalhando para minimizar esta questão", falou.

Dos 38 casos confirmados de Coronavírus no Estado até o momento, 32 estão em Teresina. 


Matéria relacionada

Teresinense de 22 anos é a 7º morte por Covid-19 no Piauí

Próxima notícia

Dê sua opinião: