CINEMA

Governador discute com cineastas produção de filme sobre Batalha do Jenipapo

O documentário fará parte do projeto “Histórias Esquecidas”.


Audiência

Audiência Foto: CCOM

O governador Wellington Dias esteve, nesta sexta-feira (13), em reunião com a deputada federal Rejane Dias, o deputado estadual Fábio Novo, a secretária de Estado da Cultura, Bid Lima, e os cineastas Ricardo Favilla e Tizuka Yamasaki. Eles vieram ao Piauí para a realização de um workshop voltado para profissionais da área do cinema/TV, fotografia, alunos dos cursos de Cinema, Comunicação Social e profissionais independentes da área. O evento segue até hoje no Teatro Torquato Neto, Club dos Diários.

Durante a reunião, foi discutida a possibilidade de produção de um documentário-drama sobre a Batalha do Jenipapo ocorrida no dia 13 de março de 1823, às margens do rio de mesmo nome na vila de Campo Maior, Piauí. A batalha foi um dos confrontos mais sangrentos pela Independência do Brasil.

Wellington falou sobre o projeto apresentado pelos cineastas. “Estou bastante animado com o que os cineastas Ricardo Favilla e a Tizuka Yamasaki apresentaram aqui hoje, que é de trabalhar um roteiro para um documentário-drama sobre a Batalha do Jenipapo em um modelo que possa ir para TVs, como também escolas ou universidades. Esse projeto é muito importante para que o país possa conhecer a nossa participação na história da Independência do Brasil”, destacou Dias.

A cineasta Tizuka Yamasaki ressaltou que a ideia de criar o documentário sobre a Batalha do Jenipapo veio de um projeto que já existe, chamado de “Histórias Esquecidas”. "A gente, há 3 anos, começou um projeto de criar uma série de histórias do Brasil esquecidas ou desconhecidas e já nessa espoca nós fizemos o 1817- A Revolução Esquecida, que é uma história fantástica lá de Pernambuco sobre a independência que o estado viveu. Depois teve um outro projeto sobre Maria da Gloria, que é filha de Dom Pedro I, mas ninguém conhece que virou rainha de Portugal. A gente tinha entre esses projetos a Batalha do Jenipapo que nos chamou a atenção porque nunca tínhamos ouvido falar sobre isso e aí, a partir de então, começamos a ler um pouco a respeito. Tivemos essa ideia até que conhecemos um grupo aqui de Teresina e começamos a amadurecer a ideia. Também viemos aqui para um workshop até que chegamos ao governador que se encantou pelo projeto”, explica Yamasaki.

Segundo Ricardo Favilla, o projeto agora precisa ser estudado para que posso ser produzido. “Tivemos um apoio aqui do governador do Estado e da Secretaria da Cultura e agora vamos estudar a história, conhecer mais sobre a batalha e buscar parcerias que podem ser do governo e também de empresas privadas ou outros órgãos para realizarmos esse projeto”, comenta o cineasta.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: