TRAGÉDIA

Filho de jornalista morre ao cair de prédio

De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava brincando com o irmão mais novo, próxima a um vidro do apartamento, que já estava um pouco quebrado


Família

Família Foto: Divulgação

O filho do repórter esportivo da ESPN, Mendel Bydlowski, Artur Loiola, de 5 anos, morreu na tarde desta sexta-feira (10), após cair do quinto andar de um prédio em Guarujá, no litoral paulista. As informações foram divulgadas pelo site G1. Segundo o site, o jornalista estava com a mulher e os dois filhos a passeio na cidade. Arthur caiu de um prédio localizado na Avenida Marechal Deodoro da Fonseca, em frente à praia de Pitangueiras, esquina com a Rua Rio de Janeiro.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava brincando com o irmão mais novo, próxima a um vidro do apartamento, que já estava um pouco quebrado. Na brincadeira, o menino acabou forçando o vidro, que cedeu e ocasionou a queda da criança. Artur chegou a ser socorrido às pressas e encaminhado ao Hospital Santo Amaro, mas teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) solicitou perícia ao Instituto de Criminalística (IC) e exames ao Instituto Médico Legal (IML). O caso foi registrado como morte suspeita pela Delegacia do Guarujá, que instaurou inquérito policial para apurar os fatos.

De acordo com a Prefeitura de Guarujá, viaturas da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, a Guarda Civil Municipal e a Defesa Civil foram acionadas e compareceram até o local.

Por conta do trágico acidente, o Twitter amanheceu, neste sábado, com a hashtag #ForcaMendel entre seus assuntos mais comentados.

A ESPN soltou nota:

Mundo ESPN@ESPNagora

A ESPN lamenta profundamente o acidente envolvendo o filho de seu repórter Mendel Bydlowski, em Guarujá (SP), nesta sexta-feira (10). A empresa está prestando todo o suporte para Mendel e seus familiares e solicita que a família seja respeitada e preservada neste momento.

16,9 milInformações e privacidade no Twitter Ads

Fonte: Revista Forum

Próxima notícia

Dê sua opinião: