PREJUÍZO

VÍdeo: cliente acusa posto de combustíveis de vender gasolina adulterada em Teresina

De acordo com o cliente, seu carro apresentou problemas mecânicos após abastecer no Posto Mais da Avenida Miguel Rosa


Posto é suspeito de vender gasolina adulterada

Posto é suspeito de vender gasolina adulterada Foto: Google Maps e redes sociais

Circula nas redes sociais o vídeo em que um cliente do Posto Mais, situado na Avenida Miguel Rosa, próximo ao Dogão, acusa o posto de combustíveis de vender gasolina adulterada.

"Pessoal, bom dia! Esse é o posto que tá com a gasolina que botei, que danificou o carro [..] Divulga ai pessoal, é essa bomba aqui que botei combustível e estava naquela cor. Divulga para não abastecerem mais nesse posto, posso até ficar no prejuízo, mas o que depender de mim para ninguém mais abastecer nesses postos, tá bom demais!", disse o denunciante no vídeo.

O cliente, que não quis ser identificado, disse que depois que seu veículo começou a apresentar problemas mecânicos após abastecer seu veículo no Posto Mais. Ele chegou a colocar a gasolina em uma garrafa pet e verificou que a cor estava bem clara, totalmente diferente da cor normal da gasolina. O homem chegou a ir até o posto falar com o gerente para dizer que a cor do combustível não estava normal e havia indícios de adulteração, mas o gerente garantiu que era normal.

Inconformado por ter tido um prejuízo em seu carro, o cliente fez um vídeo e divulgou nas redes sociais para denunciar o posto. Várias outras pessoas apareceram para informar que passaram pela mesma situação tanto no Posto Mais da Avenida Miguel Rosa como também em outras unidades da mesma rede.

"Já fui vítima desse Posto aí, coloquei gasolina e a moto ficou falhando como se fosse gasolina misturada com água, depois disso nunca mais abasteci lá", disse outro cliente.

"Rede Mais, abasteci uma vez pra nunca mais. Conheço uns três postos dessa rede com esse mesmo problema , com esse aí são quatro. Doido é quem abastece nessa rede. E o dono dela ainda é o presidente do sindicato dos donos de postos", denuncia uma mulher que já teve problemas com o posto.


O Piauí Hoje informa que o espaço está aberto para que a rede de postos de combustíveis preste esclarecimentos. 

Fonte: Redes Sociais

Próxima notícia

Dê sua opinião: