CARRO

Conheça mais sobre o sistema de escape do veículo

Todo este sistema é afetado severamente pela qualidade de combustível, sendo assim, sua vida útil é curta


Escape

Escape Foto: Divulgação

Um automóvel é composto por várias peças e sistemas. Um de grande importância é o sistema de escape. O escapamento pode ser considerado um dos itens que os motoristas não tem tanto foco e não dão a devia atenção, mas é um dos componentes dos veículos de maior importância.

O veículo, durante seu funcionamento, gera inúmeros gases.  A função deste sistema é eliminar todos estes, principalmente aqueles gerados devido a queima da mistura ar-combustível, que vem dos cilindros. Este sistema além de realizar o transporte, faz a filtragem para fora do automóvel e evita que estes gases invadam o interior do veículo, podendo intoxicar o condutor e os demais passageiros.

Além disse, ele desenha funções como a de reduzir a poluição sonora e manter o bom desempenho do veículo. Vale ressaltar que há a possibilidade de ser multado, caso transite com o sistema de escapamento do carro irregular ou soltando fumaça.

Todo este sistema é afetado severamente pela qualidade de combustível, sendo assim, sua vida útil é curta. A peça deste sistema que é mais afetada por esta causa é o catalisador, que é a peça responsável por transformar os gases poluentes em um produto final menos prejudicial à saúde e meio ambiente.

O sistema de escapamento é composto pelas as seguintes peças:

  • Coletor de Escape: tem como função o recolhimento os gases e enviá-los para o tubo de descarga.
  • Tubos de Estepe: responsável por fazer a ligação entre as peças do sistema.
  • Silenciador: sua função é reduzir o barulho gerado pelo motor.
  • Catalisador: é purificar os gases poluentes e liberar menos nocivos à atmosfera.
  • Abafador: é encarregado de absorver os ruídos mais agudos.

Devido a pequena vida útil de suas peças e do sistema como um todo, é necessário revisar por completo o sistema de escapamento a cada seis meses ou a cada vinte mil quilômetros e fazer uma vistoria a cada três meses.

Além desta manutenção preventiva, o condutor pode usar de ações como: lavar a parte de baixo do carro com a água e sabão neutro, para não ressecar as borrachas de suspensão. A borracha é um item que pede a atenção do condutor pois, com o tempo, é comum que estas se deteriorem, devido à oxidação.

É importante ressaltar que a peça deteriorada deve ser substituída, e ao contrário do que falam a peça não deve ser consertada, ou seja, qualquer dano nas peças do sistema de escapamento deve ser resolvido só com a substituição da peça danificada. Além de lojas físicas, é possível adquirir peças novas do sistema de escape em autopecasonline24.pt que é uma loja online confiável e acessível, além de ter ótimo custo benefício com seus produtos no mercado europeu de autopeças.

Próxima notícia

Dê sua opinião: