PRESENTE

Empresas recorrem à gift cards para presentear clientes e parceiros no Dia dos Pais

Única empresa a contar com uma operação de ponta a ponta para gift cards, Social Bank, com o produto Vale Presente


Vale presente

Vale presente Foto: Romulo Madureira

Alavancado por um ambiente corporativo competitivo, com necessidade crescente de atrair e manter talentos dentro da casa, os gift cards da Vale Presente, que faz parte das soluções corporativas do Social Bank - fintech que permite que as pessoas realizem qualquer tipo de transação entre si a partir de uma conta de pagamento digital -, têm sido cada vez mais visto pelos gestores como opções valiosas de engajamento dos colaboradores. No Dia dos Pais que se aproxima, premiar através de um vale presente é uma forma acessível e eficaz de as empresas demonstrarem seu reconhecimento à equipe.

Gerente de negócios do Social Bank, Débora Sumitomo, explica que dar um presente em dinheiro para os colaboradores utilizando um gift card é uma alternativa viável e que atende a todos os públicos. "As vantagens envolvem economia de tempo e redução de gastos com logística de armazenagem de presentes. Além do mais, o cartão bandeirado MasterCard permite aos premiados a possibilidade de escolher entre milhares de estabelecimentos", comenta.

Outra aplicação é para empresas que costumam fazer sorteios ou campanhas promocionais. "Tem crescido a procura de shopping centers para realizar promoções de Dia dos Pais, utilizando o Vale Presente para premiar. É mais prático do que sortear um carro, por exemplo, o que obrigaria um premiado que não precisa dele a vendê-lo, tendo que lidar com o inconveniente de uma eventual desvalorização imediata e o próprio esforço no sentido de fazer a venda", acrescenta.

Criada em 2011, a Vale Presente se tornou a única empresa de cartões da América Latina a contar com uma operação de ponta a ponta, incluindo emissão e impressão dos cartões, personalização, administração financeira, autorização e processamento das transações. É hoje, integrante do portfólio de soluções corporativas do Social Bank, a maior operação latino americana no segmento.

Desde sua fundação, já emitiu mais de três milhões de cartões e transacionou R$ 1,5 bilhão. Hoje tem quatro mil clientes na base e movimenta uma média de R$ 300 milhões por ano. Em maio deste ano, quando foi adquirida pelo Social Bank, colocou em prática um plano agressivo, visando dobrar de tamanho até o 2º semestre de 2020, alcançando movimentação de R$ 600 milhões e conquistando 10 mil novos clientes empresas.

Fonte: Romulo Madureira

Próxima notícia

Dê sua opinião: