INVESTIGAÇÃO

Morre no HUT estudante de Odontologia baleado na cabeça dentro de carro em movimento

A vítima estava no banco traseiro com a namorada quando foi atingido por um disparo de arma de fogo com o carro em movimento


Geniscleo Pereira da Silva

Geniscleo Pereira da Silva Foto: Redes sociais

Geniscleo Pereira da Silva, 31 anos, morreu neste sábado (30) no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) após sete dias internado em estado grave. Geniscleo era estudante de Odontologia da Uninassau e foi baleado na cabeça no momento em que estava dentro de um carro no domingo (24), no bairro Dirceu, zona Sudeste de Teresina. 

A vítima estava no banco traseiro com a namorada quando foi atingido na cabeça por um disparo de arma de fogo com o carro em movimento no cruzamento da BR-343 com a Avenida José Francisco de Almeida Neto. Além do casal, havia mais cinco amigos no veículo. Somente Geniscleo foi atingido pelo tiro e foi levado para o HUT, onde passou por uma cirurgia neurológica e aguardava vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A vítima deu entrada no hospital às 2h48 de domingo (24).

O universitário e os amigos voltavam de um bar após assistirem o jogo do Flamengo pela Libertadores. A polícia ainda não sabe de onde partiu o tiro e se foi intencional, por engano ou até mesmo bala perdida.  Os amigos alegam que não viram nenhuma movimentação de veículos ou pessoas e que não sabem de onde veio o tiro.O HUT abriu protocolo de morte encefálica do estudante, o que foi confirmada na manhã de hoje.

O corpo da vítima será levado para sua cidade natal, em Santo Antônio dos Lopes (MA), para ser velado e sepultado. O crime está sendo investigado pelo 8° Distrito Policial, mas com a morte do estudante o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai assumir a investigação. 


Próxima notícia

Dê sua opinião: