REDES SOCIAIS

Filósofo comenta decisão de Bonner: "A rede social faz parte da vida de verdade

"A mídia social é um sistema responsável pela evolução humana e ao invés de combatê-la devemos nos adaptar e saber lidar com ela para precaver consequências negativas."


Redes sociais

Redes sociais Foto: Getty Imagens

Na última quinta-feira (15) William Bonner, apresentador do "Jornal Nacional", resolveu abandonar o seu perfil no Instagram. Na última publicação, já não mais disponível para visualização, ele comunicou os internautas.

"Saindo daqui. Vivendo a vida de verdade. A minha vida. Obrigado", escreveu William

Conversamos com o filósofo e CEO da empresa MF Press Global, Fabiano de Abreu, que é especialista em trabalhar a imagem de pessoas na mídia social que comentou sobre a atitude do apresentador:

"A Rede Social é a vida de verdade, é uma realidade atual, faz parte da evolução. Quando Karl Benz inventou o primeiro carro moderno, as pessoas temiam, pois, poderia colocar em risco as suas vidas já que era controlado de forma diferente da carroça e hoje todos temos um cognitivo para dirigirmos carros. 

A mídia social é uma realidade na qual devemos nos adaptar. É um sistema responsável pela evolução humana e ao invés de combatê-la devemos nos adaptar e saber lidar com ela para precaver consequências negativas."

Como assim a mídia social é responsável pela evolução humana? 

"A mídia social é um mecanismo que alterou a maneira de pensarmos e agirmos na sociedade e toda a mudança é introduzido na nossa herança genética. A nossa memória genética carrega o que aprendemos e passamos para os nossos filhos, que passam para os seus filhos e essa memória genética carrega os genes dessa evolução para novos serem mais adaptados."

Como a mídia social poderia fazer parte de uma vida de verdade? William Bonner então estaria errado na sua decisão? 

Não estou dizendo que ele está errado. Cada um faz o que quer da sua própria vida. Se as escolhas e decisões nos fazem bem e não afetam a ninguém, é sempre válido. O que acontece é que discordo do fato que a mídia social não seja a vida de verdade. Somos donos das nossas publicações e responsáveis por elas. Qualquer consequência negativa é nossa própria culpa. São falhas e falhas acontecem para que possamos não mais falhar ou falhar menos. As falhas existem para que possamos aprender e também valorizar as conquistas. A midia social é uma maneira de expor ao público, ainda mais quando se é pessoa pública, pensamentos que se fazem necessário a sua propagação. Eu penso que pessoas públicas, que possuem fãs devem sim aceitar o fato de que fazem parte do que pode ser bom para propagar o bem na sociedade. 

Ninguém melhor que uma pessoa pública para ser referência na propagação de coisas boas que possam ajudar a melhorar a sociedade. A questão é saber usar a midia social de maneira que não prejudique a si mesmo. Somos donos da nossa conta na midia social então qualquer coisa negativa que possa trazer é nossa culpa mesmo. 

Sempre buscamos um culpado para os nossos problemas, só não culpamos Deus, pois ele é a única esperança dos que creem. Ter uma inteligência emocional para saber lidar com a mídia social e fazer dela uma arma em prol da melhoria e desenvolvimento social é algo bom. 

Uma pessoa pública não depende da midia social para prejudicar a vida, pelo contrário, é mais fácil ter a vida exposta nas ruas e no convívio que na mídia social e mais. Sem a mídia social a pessoa é mais perseguida ainda, pois, agora é figura rara e motivos de curiosidade. Cada foto do William Bonner agora será hiper valorizada e motivo de audiência." 

A mídia social então é uma realidade da vida moderna que temos que nos adaptar, mas ela não causa problemas como solidão, depressão e propagação de falsas informações? 

"Por isso eu disse que temos que aprender a lidar com ela e aprender com ela também. A midia social é uma vida paralela, uma vida virtual, hoje temos a vida virtual e a vida natural. No futuro a vida virtual será algo totalmente introduzido e essa é a fase de adaptação humana. Toda a transformação, toda a mudança tem o momento de adaptação que conflita o bom com o ruim. Temos que passar por esse momento para saber lidar com as falhas e aprimorarmos. A consciência do meio-termo, sabermos diferenciar a vida virtual da natural já faz parte dessa evolução. Dedicarmos o nosso tempo para a vida virtual e também para passar momentos com a família e amigos é uma maneira de sabermos lidar com essa nova vida. Estamos na era da organização do tempo. Temos que organizar o tempo para não sofrermos consequências que leve a enfermidades do mundo contemporâneo e pós contemporâneo.

Não podemos colocar a desculpa na midia social de todos os nossos problemas, pois saber lidar com a midia social é uma maneira inteligente de saber viver com todas as vidas que temos."

Link do vídeo sobre o tema no IGTV: 

https://www.instagram.com/tv/B1W3K6dFepA/?utm_source=ig_web_copy_link  

Fonte: Fabiano Abreu

Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Fabiano Abreu

Fabiano Abreu

Se você quer escrever e expor suas ideias esse é seu espaço. Mande seu artigo para nosso e-mail (redacao@piauihoje.com) ou pelo nosso WhatsApp (86) 994425011. Este é um espaço especial para leitores, internautas, especialistas, escritores, autoridades, profissionais liberais e outros cidadão e cidadãs que gostam de escrever, opinar e assinando embaixo.

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete

O STF deve afastar Deltran Dallagnol da chefia da Lava Jato?

ver resultado