EDUCAÇÃO

Governo do Estado comemora formação de 40 servidores

A iniciativa faz parte do Projeto Elevação da Escolaridade.


Encerramento de capacitação

Encerramento de capacitação Foto: Ascom

O Governo do Estado realizou a solenidade de entrega de certificados de conclusão do Ensino Médio a 40 servidores, na noite dessa quinta-feira (12), no auditório do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi). A iniciativa faz parte do Projeto Elevação da Escolaridade, executado por meio de parceria entre a Escola de Governo, da Secretaria de Administração e Previdência, e a Secretaria Estadual de Educação.

O secretário de Administração, Merlong Solano, parabenizou os formandos pela conquista. “Não é nada fácil. Depois de um dia inteiro de trabalho, ter que alongar a sua rotina até as nove horas da noite, pra só depois pegar um ônibus pra ir pra casa. Vocês merecem os parabéns, porque essa capacidade de lutar pela formação demonstra que vocês têm força pra perseguir muitos outros objetivos na vida”, frisou.

Um dos destaques da noite foi o senhor Antônio Carlos Melo, servidor do Hospital Infantil, de 57 anos. “É uma alegria. Lutei muito mesmo, até o final. Foi muito difícil, eu adoeci, tenho diabetes, cheguei a ser internado na UTI. Era correndo pra cá, correndo pro médico, mas, graças a Deus, eu consegui terminar. A professora Rosário (coordenadora do projeto) me deu muita força”, disse, emocionado.

Para Grislena Oliveira, de 53 anos, servidora do Hospital Getúlio Vargas, a oportunidade de voltar a estudar representou uma mudança de vida. “Eu tinha terminado o pedagógico há mais de 20 anos, estava muito alheia, passava o dia trabalhando. Voltei a estudar, conheci novas pessoas, e isso abriu minhas ideias. Meu trabalho melhorou muito”, afirmou.

Sonhos

A diretora da Escola de Governo, Emanuelle Marreiros, destacou a garra e força de vontade dos servidores, que agora sonham em fazer um curso superior. Um deles é o João Francisco Andrade, que aos 51 anos planeja conquistar uma vaga no curso de nutrição ou educação física. “Hoje eu não tenho mais vontade de sair da sala de aula”, relata orgulhoso.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: