CORONAVIRUS

Isolamento social requer cuidados com segurança de casas e comércios

Índice de assaltos nas ruas cai durante a quarentena, mas pode ser transferido para as residências


Covid-19

Covid-19 Foto: Divulgação

Depois que a quarentena foi colocada em prática, o índice de roubos em vias públicas despencou, e, apenas na cidade de São Paulo, o número de casos caiu 56% depois da adoção do isolamento social. Mesmo assim, é preciso ficar atento às medidas de segurança residenciais, já que, possivelmente, os assaltos às casas e aos comércios vão aumentar neste mesmo período.

Entre 2014 e 2018, foram registrados, em média, 12 mil casos por ano no estado paulista. Destes, 7.883 registros foram feitos na capital, e, ao longo do mesmo período, os números permaneceram estáveis, com exceção de 2018, quando obteve uma queda significativa ao registrar 4.729 casos. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública e foram disponibilizados ao portal de notícias G1, por meio da Lei de Acesso à Informação.

Ainda assim, os números podem voltar a crescer com a situação atual. Isso porque as pessoas estão ficando mais tempo em casa, devido às recomendações do Ministério da Saúde. Deste modo, o ideal é que as medidas de segurança sejam redobradas, tanto em casa, quanto nos estabelecimentos.

Veja alguns cuidados para cada tipo de imóvel:

Casa

  • É importante deixar portas e portões trancados, mesmo que esteja em casa e durante o dia.

  • Mantenha a área externa iluminada.

  • Antes de abrir a porta para alguém, tente visualizar a pessoa que está na porta, assim não haverá chances de que estejam simulando a presença de um conhecido e você poderá ter certeza sobre os objetos que a pessoa carrega.

  • Grandes valores em dinheiro não devem ser guardados em casa.

Mesmo assim, ter um seguro residencial é interessante. Isso porque ele irá cobrir, entre diversas outras questões, os roubos que podem ocorrer no imóvel.

Comércio

  • Da mesma forma que nas residências, deixar as portas trancadas é importante, ainda mais em época de quarentena, em que muitas cidades estão com os comércios fechados, para evitar a aglomeração de pessoas.

  • Instalar câmeras de segurança e sistemas de alarmes pode ajudar no combate ao crime.

  • Grandes quantias não devem ser deixadas no caixa.

  • Mesmo que o estabelecimento esteja fechado na quarentena, é interessante saber o que está acontecendo no local e como está a movimentação no entorno. Esse passo pode ser feito através das câmeras instaladas e apontadas para a calçada do local.

Próxima notícia

Dê sua opinião: