SEMANA DA CONCILIAÇÃO

TJ-PI realizou mais de 3 mil audiências em apenas cinco dias

Este é o resultado da 14.ª Semana Nacional da Conciliação no Piauí, iniciativa do Conselho Nacional de Justiça em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado do Piauí


Tribunal de Justiça do Piauí

Tribunal de Justiça do Piauí Foto: Paulo Pincel

O Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI) realizou 3.391 audiências e homologou 1.134 acordos, envolvendo montante superior a R$ 8 milhões  durante a 14ª Semana Nacional da Conciliação no Piauí, inciativa do Conselho Nacional de Justiça realizada entre os dias 4 e 8 de novembro. Os números foram divulgados em cerimônia realizada nessa quinta-feira (12) no auditório do TJ-PI, onde também ocorreu a entrega de certificAados para as Varas mais produtivas e para os servidores que mais se destacaram. 

Durante a Semana da Conciliação no Piauí, foram finalizadas 987 demandas ao longo dos cinco dias de trabalho. Participaram do evento 304 conciliadores e 220 colaboradores.  A ação também contou com a realização de casamentos comunitários, o mutirão de execução fiscal Limpa 2020, o projeto Eu Tenho Pai, entre outras atividades de promoção da cultura da paz.

Premiação

As premiações foram segmentadas em duas categorias, "maior quantidade de acordos homologados " e "maior quantidade de conciliações realizadas". No ranking "acordos homologados", foram premiadas as seguintes unidades: Cejusc Teresina; Justiça Itinerante; Cejusc Parnaíba; 5ª Vara de Família de Teresina; JECC Zona Norte II – Buenos Aires; JECC Zona Sudeste– Sede Redonda; Vara Única de Cocal; Cejusc Floriano; Cejusc Picos e 3ª Vara de Família de Floriano, em ordem de classificação.

Já no ranking "conciliações realizadas", foram premiadas:  Cejusc Teresina; Justiça Itinerante; JECC Zona Norte II – Buenos Aires; JECC Zona Centro II; JECC Campo Maior – Sede; Vara Única de Cocal; JECC Corrente – Sede; JECC Zona Sudeste – Sede Redonda; 5ª Vara Cível; Cejusc Picos e JECC Picos – Sede, em ordem de classificação.

"Nós superamos a expectativa em número de audiências, em número de acordos. Nós também fizemos um trabalho muito grande de conscientização das unidades dos Cejuscs mostrando a conciliação e de divulgação. E, hoje, temos esse resultado. Unidades que não ganharam no ano passado, ganharam nesse ano. Mesmo as unidades que não ganharam premiação, entendemos que essas unidades fazem, todo dia, normalmente, as conciliações, acrescenta a juíza coordenadora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), Lucicleide Belo. 

Próxima notícia

Dê sua opinião: