BAZAR SOLIDÁRIO

Veja o que será vendido no bazar solidário com produtos doados pela Receita Federal

O bazar será realizado com o objetivo de arrecadar renda para ser investida em melhorias na estrutura do Ceir e da Fundação Nossa Senhora da Paz


Primeiro bazar ocorrido na CEIR

Primeiro bazar ocorrido na CEIR Foto: Ascom

Será nesta sexta-feira, 08 de novembro, o bazar mais esperado de Teresina. O Bazar Solidário do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) e a Fundação Nossa Senhora da Paz promete vender uma variedade de produtos apreendidos e doados pela Receita Federal no período de 8 a 10 de novembro, no Ceir, na Avenida Higino Cunha, 1515, bairro Ilhotas. Toda renda arrecadada será distribuída entre as duas instituições e o valor será revertido em melhorias estruturais das entidades.

Os produtos são originais e serão vendidos pela metade do preço. A recomendação é chegar cedo para garantir as compras e ajudar as instituições. Os portões do Ceir irão abrir  às 8h. No momento da entrada, o cliente pagará uma taxa de R$ 5,00, que dará direito a uma pulseira de acesso. O visitante terá um tempo máximo de 30 minutos para realizar suas compras.

 As regras do Bazar Solidário são: o valor máximo para compra é R$ 1 mil, por pessoa física, sendo obrigatória a apresentação de CPF e documento oficial com foto. As formas de pagamento serão em dinheiro, cartão de débito e cartão de crédito – sendo a parcela mínima de R$ 50, em até 3 vezes, nas bandeiras Visa, Master, Elo, Dinner's, American, Hipercard e Credishop.


ALGUNS PRODUTOS QUE SERÃO VENDIDOS NO BAZAR:
• PlayStation 4
• XBox
• Drones
• Celulares (Samsung /LG/ Motorola)
• Caixas de som JBL
• Equipamentos de informática
• Equipamentos de SOM profissional
• Perfumes importados
• Jaquetas e Roupas de marca
• Equipamentos de Caça e Pesca
• Tapetes
• Equipamentos de Áudio e vídeo
• Produtos de beleza
• Malas de viagem
• Brinquedos
• Produto de decoração para casa

INVESTIMENTOS

Os produtos apreendidos pela Receita Federal foram doados para o bazar e a expectativa é que o valor arrecadado com as vendas seja revertido em adequações no Ceir para pacientes com deficiência visual. Já para a Fundação Nossa Senhora da Paz, a arrecadação será utilizada para melhorar a estrutura do espaço do Projeto Judô Cidadão; reformar o auditório e espaços de uso coletivo da instituição, como: banheiros, espaço de dança, Projetos Esperança, Envelhecer com Qualidade; aquisição de equipamentos e materiais para os projetos esportivos e sociais: Taekwondo Para Todos, Peteca Inclusiva, Raquete na Mão, Bola na Cesta, Escravos Brancos e Envelhecer com Qualidade; e implantação de sistema de monitoramento, segurança e ponto eletrônico.
 "Uma das nossas prioridades agora é preparar o prédio do Ceir com piso e mapa táctil, além de inscrições em braile e a aquisição de um novo elevador", disse Aderson Luz, superintendente Multidisciplinar do Ceir.


Fonte: Redação Piauí Hoje

Próxima notícia

Dê sua opinião: