FEMINICÍDIO

Acusado de matar ex-mulher com 32 facadas é condenado a 22 anos e 3 meses de prisão

O crime ocorreu em Piripiri em junho do ano passado. A vítima foi morta no local de trabalho e o caso chocou a população


Julgamento de Fernando José

Julgamento de Fernando José Foto: Piripiri Repórter

Fernando José Sousa Silva, conhecido como José Ioiô, foi condenado a 22 anos e 3 meses de prisão pelo assassinato da ex-mulher Irismar Castro. O julgamento ocorreu nessa quinta-feira (28) no Fórum Desembargador João Turíbio, em Piripiri, no Norte do Estado.

José matou a ex-companheira com 32 facadas em junho do ano passado em Piripiri. Na época, o homem foi até a casa onde a ex-mulher trabalhava como empregada doméstica e cometeu o crime. O casal viveu junto por 15 anos e o crime chocou a população da cidade. 


Fonte: Piripiri Repórter

Próxima notícia

Dê sua opinião: