ACERTO DE CONTAS

Bebedeira em bar no Mafrense termina com uma jovem morta e dois homens baleados

"Loura" foi baleada na cabeça e morreu no HUT, onde Dárcio Lima, também baleado, foi operado


Briga em um bar deixa dois feridos

Briga em um bar deixa dois feridos Foto: Reprodução/WhatsApp

Uma bebedeira em um bar no bairro Mafrense, zona norte de Teresina, terminou com uma mulher morta e dois homens baleados.  “Loura”, Dárcio André Brito de Lima e outro rapaz estavam bebendo desde a noite anterior com outras pessoas. O grupo decidiu “esticar” a farra e foi para o bar, onde aconteceu a emboscada. Dois homens chegaram atirando contra o grupo. A hipótese mais provável é que tenha sido um acerto de contas. 

Era um grupo de dez pessoas, que chegaram no bar do Mafrense dizendo que estavam vindo de um outro local. Animados, pediram cerveja para a dona do bar, que fazia o almoço. A comerciante disse que ouviu os disparos. A maior parte conseguiu fugir correndo. Três foram baleados e ficaram caídos no interior do bar.

“Ela [a dona do bar] disse que chegou a ver uma moto Pop 100 preta saindo do local”, explicou a capitã-PM Jaqueline Barbosa, coordenadora de Policiamento de Unidade (CPU) do 9º Batalhão da  Polícia Militar.

“Loura” e Dárcio foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para o Hospital de Urgência de Teresina. A terceira vítima foi socorrida pela própria família e levada para casa no mesmo bairro.

A jovem não resistiu ao ferimento na cabeça. A vítima ainda não foi identificada. O HUT divulgou as características do corpo para identificação de algum familiar: mulher jovem, 25 anos, pele branca, cabelo castanho escuro e uma tatuagem próximo a nádega com o nome “Alan”, vestida numa calça jeans, camiseta branca, chinela de plástico dourado, um anel e uma pulseira de prata. O HUT transferiu o  corpo para o IML.

Dárcio André Brito de Lima foi atingido nas costas (lombar esquerda), nádega direita e de raspão na cabeça e passou por cirurgia.

Força Tática da Polícia Militar está em diligência na região para identificar possíveis atiradores

Fonte: Piaui Hoje

Próxima notícia

Dê sua opinião: