INTIMIDAÇÃO

Chefe do Parque Serra da Capivara é perseguida por motoqueiro no Sul do Piauí

Deputada Margarete Coelho disse em suas redes sociais que a gestora não pode sofrer intimidações por exercer seu trabalho frente ao parque


Marrian Rodrigues

Marrian Rodrigues Foto: Reprodução/Instagram

Na noite da última sexta-feira (17), a diretora do Parque Nacional Serra da Capivara, Marrian Rodrigues, foi perseguida em trecho entre os municípios de São Raimundo Nonato e Coronel José Dias, extremo Sul do Piauí.

A mulher havia saído do trabalho no início da noite e seguia em direção à sua residência em Coronel José Dias quando um motoqueiro a perseguiu e bateu diversas vezes em seu carro para forçar Marrian a parar o veículo, o que não aconteceu.

A deputada federal Margarete Coelho, filha de São Raimundo Nonato, em publicação em suas redes sociais disse estar acompanhando a apuração dos fatos envolvendo a perseguição e afirmou que é inaceitável uma gestora sofrer qualquer tipo de 'intimidação' por conta de seu trabalho.

Estou acompanhando com muita atenção e preocupação a apuração dos fatos dos quais foi vítima a Chefe do Parque Nacional da Serra da Capivara, Marrian Rodrigues. Inaceitável que uma agente pública sofra intimidações em decorrência das atribuições do seu cargo. Não podemos descuidar de que se trata de cargo público federal, que atrai a atuação da Polícia Federal! Sei que pensam que é fácil ameaçar e intimidar uma mulher, mas se todas nos unirmos, seremos mais! Força, @marrianrodrigues vamos aguardar a punição dos responsáveis!

A secretária de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Sádia Castro, comentou a publicação da deputada e desejou 'força' para Marrian.

"Força, Marrian, essa será sua resposta mais contundente!", disse.


Próxima notícia

Dê sua opinião: