JUSTIÇA

Homem é condenado a 17 anos de prisão por matar irmão e cunhada queimados em Teresina

O acusado trancou o casal em um quarto e ateou fogo. As vítimas chegaram a ser socorridas com vida, mas sofreram graves lesões e não resistiram


José Fernando Pereira Gonzaga

José Fernando Pereira Gonzaga Foto: Divulgação/Polícia Civil

 José Fernando Pereira Gonzaga foi condenado a 17 anos de prisão pelas mortes do irmão Luís Pereira Gonzaga e da cunhada Carla Pereira de Abreu em junho de 2018. A decisão é do juiz da 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina, Robredo Moraes Peres de Almeida.

O acusado trancou seu irmão e a cunhada em um quarto da residência onde viviam e ateou fogo no local. José Fernando foi condenado por duplo homicídio qualificado por motivo fútil, com emprego de fogo e impossibilidade de defesa das vítimas. Ele vai responder em regime fechado e sem direito de recorrer em liberdade.

O crime  ocorreu no dia 30 de junho no ano passado, por volta de 4h, em uma residência situada no bairro Piçarra, zona Sul de Teresina. O acusado esperou as vítimas dormirem quando trancou a porta do quarto pelo lado de fora com um cadeado e jogou líquido inflamável na porta e no chão do quarto, ateando fogo em seguida.

As vítimas foram surpreendidas com o fogo se alastrando pela cama do casal. Carla gritou ligou para o Corpo de Bombeiros e jogou a chave para que populares abrissem a residência e os resgatassem. Quando o Corpo de Bombeiros chegou, as vítimas já tinham sofrido diversas queimaduras e  foram levadas em estado grave para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde não resistiram e faleceram. 

Próxima notícia

Dê sua opinião: