QUADRILHA

Dez pessoas são indiciadas por furtos de gados na zona rural de Teresina

A quadrilha atuava na zona rural da Teresina e de cidades vizinhas, causando prejuízos aos pequenos produtores


Zona rural de Teresina

Zona rural de Teresina Foto: Ascom

A Polícia Civil do Piauí indiciou 10 pessoas suspeitas de furtar gado na zona Rural de Teresina e cidades vizinhas. O inquérito foi presidido pelo 21º Distrito Policial (DP) de Teresina e resultou em 10 suspeitos indiciados pelos crimes de furto qualificado, organização criminosa e receptação qualificada. 

O delegado titular do 21º DP, Odilo Sena, informou à imprensa que as investigações tiveram início no começo deste ano e que o grupo atuava há pelo menos quatro anos. O primeiro suspeito foi preso em Altos, a partir da prisão dele foi possível chegar nos demais suspeitos. As investigações apontaram que a quadrilha teria furtado gados de pelo menos 30 famílias, sendo que a cada semana eram realizados dois furtos, o que causou grande prejuízo aos pequenos produtores rurais.

Ainda segundo o delegado, o organização criminosa recebia informações privilegiadas de moradores das localidades, que informavam onde tinha gado. Os suspeitos realizavam os furtos durante a madrugada. O prejuízo total causado aos produtores está estimado em R$ 2 milhões.

Em Teresina, a quadrilha atuava no Povoado Limoeiro, Povoado Chapadinha, Assentamento Limoeiro, Povoado Chatinho, Povoado Saraiva e Povoado Lages.

A quadrilha usava caminhões para transportar os gados furtados e levavam para açougue clandestino. As carnes eram vendidas em Teresina e Timon (MA) sem controle sanitário.  Além da zona rural de Teresina, os suspeitos agiam em outros municípios como Altos e Pau D'Arco no Piauí e no Maranhão nos municípios de Bacabal e Caxias. Após as investigações, não houve mais registros de furto de gados. Se condenados, os suspeitos podem pegar até 26 anos de prisão.

Lista de presos:

  1. Alan David Morais de Araújo
  2. Belarmino Gomes de Oliveira Filho
  3. Edson Gonçalves de Sousa
  4. Fredson Rodrigues Magalhães
  5. João José Soares da Silva Neto
  6. Jociane Rodrigues da Silva
  7.  Luis Sousa das Neves
  8.  Valmir Rodrigues da Silva
  9. Waldete José da Mota

Fonte: Polícia Civil

Próxima notícia

Dê sua opinião: