GOLPE

Polícia identifica grupo que instalou 'chupa-cabra' em caixas eletrônicos do BB

O dispositivo foi instalados nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil do bairro Piçarra, na zona Sul de Teresina


Caixa eletrônico

Caixa eletrônico Foto: Reprodução/WhatsApp

A Polícia Civil identificou quatro suspeitos de instalarem um chupa-cabra (dispositivo usado para capturar cédulas de clientes que fazem saques) no caixa eletrônico do Banco do Brasil do bairro Piçarra, na zona Sul de Teresina. No domingo (09), um policial militar foi sacar R$ 1 mil na agência bancária e descobriu dois chupa-cabras em caixas eletrônicos.  O caso passou a ser investigado pelo  6º Distrito Policial, que analisou as imagens do sistema interno do banco e identificou o grupo criminoso.

Segundo o chefe de investigação do 6º DP, Washington Gomes, pelas imagens foi comprovado que as quatro pessoas estiveram na agência no sábado e passaram bastante tempo no local. Entre os suspeitos há um casal e dois homens, conhecidos na região. Ainda segundo a polícia, o grupo passou 40 minutos dentro do banco e agora a polícia trabalha para conseguir mais provas contra os suspeitos.

Ao notar que a operação de saque havia sido concluída sem o dinheiro sair do caixa eletrônico, o policial alertou os demais clientes presentes no banco. Um homem não identificado conseguiu tirar a trava usando uma chave de carro. Em seguida,  faz o resgate das cédulas que ficaram presas na máquina e o policial confere o valor.

No domingo, o policial descobriu que havia um chupa cabra no caixa eletrônico ao perceber que a operação de saque havia sido concluída, mas o dinheiro não saía do terminal de autoatendimento. Veja o vídeo:



Próxima notícia

Dê sua opinião: