INVESTIGAÇÃO

Polícia ouve funcionários de hospital após assassinato de homem em enfermaria

O crime ocorreu no sábado (11), no Hospital Regional de Tibério Nunes, em Floriano


Hospital Regional Tibério Nunes em Floriano

Hospital Regional Tibério Nunes em Floriano Foto: Arquivo/Sesapi

A Polícia Civil de Floriano segue com as investigações sobre o assassinato do paciente Raul Marques de Santana, de 31 anos, ocorrido dentro do Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, Sul do Piauí. O crime ocorreu na madrugada de sábado (11). 

A polícia ouviu os funcionários e outros pacientes que estavam com a vítima na enfermaria. Como o crime ocorreu na madrugada, muitos pacientes relataram que não perceberam nenhuma movimentação suspeita e alguns estavam dormindo. A linha de investigação do crime ainda não foi divulgada pela polícia, mas suspeita que o atirador fez um levantamento do hospital antes de cometer o assassinato.

Raul Maques estava internado na unidade hospitalar há três dias e foi morto com um tiro na cabeça. O autor do crime não entrou pela porta da frente do hospital. O delegado Danilo Barroso, que preside o inquérito, disse que não vai passar mais informações para não atrapalhar as investigações.

Próxima notícia

Dê sua opinião: