BANCADA

Deputados do PT são maioria na Assembleia Legislativa com chegada de João de Deus

PT ultrapassa Progressistas e MDB na Assembleia Legislativa com posse de João de Deus e pode pleitear principais comissões da Casa


Deputado estadual João de Deus na tribuna da Assembleia Legislativa

Deputado estadual João de Deus na tribuna da Assembleia Legislativa Foto: Reprodução/Facebook

O suplente de deputado estadual João de Deus tomou posse na Assembleia Legislativa do Piauí, nesta segunda-feira (17). O parlamentar assume a cadeira no parlamento estadual com a ida do deputado Pablo Santos para o comando da Fundação Hospitalar. O petista era Superintendente de Relações Sociais no Governo do Estado, porém ao ser exonerado, Núbia Lopes assumiu a superintendência.

Em entrevista ao Piauihoje.com, João de Deus adiantou que vai atuar principalmente nas áreas da Educação, Saúde e Geração de Emprego e Renda. O parlamentar afirmou que ainda vai conversar com os colegas de partido para saber quais comissões o PT vai pleitear na Assembleia. Com a chegada de João de Deus, o PT passa a ter a maior representatividade dentro da Casa Legislativa, o que facilita a tramitação dos projetos do Governo.

Atualmente a bancada do PT Alepi é formada por João de Deus, Cícero Magalhães, Franzé Silva, Flora Isabel, Limma, Francisco Costa (líder do Governo na Casa), Ziza Carvalho e Warton Lacerda.

João de Deus também comentou a pré-campanha do PT em Teresina e disse que ainda não é momento de fechar a formação da chapa majoritária. "Precisamos de mais diálogo. Todo mundo fica ansioso com o ano eleitoral, mas o PSDB até hoje não definiu seu candidato. Então a gente tem primeiro que fazer um planejamento estratégico, fazer a leitura das pré-candidaturas postas, dos pontos fortes e fracos da atual gestão para ir pro debate", comentou.

Sobre os pré-candidato da chapa proporcional serem contra a filiação da família Monteiro no PT em Teresina, o parlamentar disse que o assunto será tratado com muita tranquilidade. 

"Será tratado com muita tranquilidade, com uma conversa franca, o que já está ocorrendo por parte do diretório municipal através do presidente, o deputado Cícero Magalhães. É preciso que as lideranças que venham para o partido estejam conscientes das bandeiras do PT, o PT é um partido ideológico, as pessoas quando vão se filiar precisam ter certeza se é o que querem mesmo ou se estão indo apenas por alguma estratégia. Muita gente se filia ao PT e depois sai, temos o caso do Henrique Rebelo", lembrou.

Matéria relacionada

João de Deus quer expandir atendimento a pacientes com insuficiência renal no Estado

Próxima notícia

Dê sua opinião: