EXONERAÇÃO

Dudu denuncia exoneração irregular de controlador do município

O documento acabou sendo rejeitado pelos parlamentares da Casa Legislativa


Vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT)

Vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT) Foto: Assessoria parlamentar

O vereador Dudu (PT) denunciou a exoneração de forma irregular por parte da Prefeitura de Teresina do controlador geral do município, Ricardo Teixeira. Durante a sessão, o parlamentar apresentou um requerimento solicitando a presença na Câmara Municipal do secretário de Governo, Fernando Said, do secretário de Administração, Raimundo Nonato, do controlador geral do município, Ediberto Marques, bem como do controlador exonerado, para prestar esclarecimentos sobre o processo 015463/2019 do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI).   

O documento acabou sendo rejeitado pelos parlamentares da Casa Legislativa. Dudu afirma que é um fato muito estranho o controlador ter sido exonerado sem nenhuma explicação. “O controlador é um servidor efetivo do município e ele tem as prerrogativas para proteger os seus atos administrativos. Não quero acreditar que o mesmo tenha sido alvo de perseguições políticas de alguém da prefeitura ou do próprio prefeito Firmino Filho que foi quem exonerou o controlador”, criticou o vereador.

Ainda segundo Dudu, infelizmente a Câmara colocou uma cortina de fumaça por não fornecer as informações necessárias para a sociedade. “Essa é uma exoneração que já chegou na esfera judicial. Vamos pedir informações ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) e solicitar a vinda do senhor Ricardo para que ele possa dar as suas explicações. Não podemos ficar de braços cruzados em um ato dessa gravidade. Precisamos saber o porque disso, como é que alguém que é responsável por controlar os atos administrativos é exonerado sem nenhuma explicação? Apesar da Câmara ter rejeitado esse requerimento vamos continuar em busca da verdade”, declarou Dudu.  

Fonte: aSCOM VER, dUD

Próxima notícia

Dê sua opinião: