AÇÃO

Dudu promove audiência para discutir situação de permissionários do Shopping Natureza

audiência contará com a participação de representantes da Secretaria do Municipal de Ambiente (Semam)


Audiência

Audiência Foto: Ascom

Mediante proposição do Vereador Dudu (PT), a Câmara Municipal de Teresina realiza nesta quinta-feira (21), às 10:00h, uma audiência pública para discutir a situação dos permissionários do shopping Natureza, localizado na avenida Marechal Castelo Branco. Os trabalhadores estão sendo ameaçados de despejo do local, uma vez de acordo com Secretaria Municipal do Meio Ambiente, estão depredando a área que é de preservação permanente.  

O vereador Dudu afirma que os permissionários ajudam na preservação do local e trabalham diariamente para garantir uma renda mensal. "Estamos falando de um importante cartão postal de Teresina que é responsável por promover a geração de emprego e renda para mais de 50 famílias. Esses homens e mulheres lutam com suor para ajudar na construção da riqueza da nossa cidade e preservar as margens do rio. Por isso, vamos lutar com todas os meios possíveis para que os permissionários possam ter garantido o direito de continuarem trabalhando no local", disse.

A audiência contará com a participação de representantes da Secretaria do Municipal de Ambiente (Semam), Secretaria Municipal de Economia Solidária (Semest), Secretaria Estadual de Transporte, Ministério Público do Piauí (MP-PI), Ministério Público Federal (MPF), Advocacia Geral da União (AGU), OAB-PI, Associação Arte Flora, IBAMA e permissionários.

A Assembleia Legislativa por meio do deputado Franzé Silva (PT) aprovou também em plenário a realização da audiência pública com o objetivo de discutir de forma ampla a situação com todos os agentes envolvidos.

A presidente da Associação Arte Flora, Mércia de Carvalho, afirma que os permissionários trabalham no local há mais de seis anos e dependem da geração de renda para o sustento das famílias. "Mais de 50 famílias trabalham todos os dias para conseguir o pão de cada dia. De forma alguma estamos degradando o meio ambiente. Queremos apenas continuar no nosso lugar de trabalho", afirmou a permissionária.  

Fonte: Narcílio Costa

Próxima notícia

Dê sua opinião: