CORRUPÇÃO

Ex-prefeito de Sebastião Leal é preso por desvio e lavagem de dinheiro público

A Operação Bacuri constatou que José Jeconias agia juntamente com o prefeito de Bertolínia, Luciano Fonseca, e ambos faziam parte de uma organização criminosa de desvio de recursos públicos


José Jeconias, ex-prefeito de São Sebastião

José Jeconias, ex-prefeito de São Sebastião Foto: Arquivo pessoal

O ex-prefeito do município de Sebastião Leal, José Jeconias, foi preso nessa quarta-feira (11) após se apresentar à polícia na sede do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), na zona Leste de Teresina. O ex-gestor é um dos investigados na Operação Bacuri, que prendeu o prefeito de Bertolínia, Luciano Fonseca, além de mais sete pessoas na semana passada.

A Operação Bacuri desarticulou uma organização criminosa que atuava no desvio de recursos públicos. Os investigados também são suspeitos de corrupção ativa, lavagem de dinheiro e crimes licitatórios. Segundo o Gaeco, durante as buscas e apreensões na operação, foi constatado por meio de um documento que José Jeconias teria participação na organização criminosa, se beneficiando em licitações fraudulentas, contratos irregulares e recebendo valores desviados do município. 

O ex-prefeito é dono de empresas que possuíam contratos com a Prefeitura de Bertolínia e agia juntamente com o prefeito da cidade, o Luciano Fonseca. Entre as empresas de José Jeconias está um posto de combustíveis que recebeu mais de R$ 2 milhões para a prefeitura de Bertolínia, sendo a empresa que mais recebeu recursos entre 2013 e 2016.

Foi constatado ainda que o ex-prefeito também foi doador da campanha do prefeito de Bertolínia em 2012, conforme o relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE) As investigações apontaram que posteriormente as empresas de José Jeconias foram as que mais receberam pagamentos de Bertolínia.

Próxima notícia

Dê sua opinião: