EX-DEPUTADO

Prefeito Firmino não tem candidato forte para apresentar, diz Robert Rios

Durante entrevista, Robert Rios informou ainda que irá se filiar ao PSB para sair vice-prefeito de Dr Pessoa do MDB em Teresina


Deputado estadual Robert Rios (PDT)

Deputado estadual Robert Rios (PDT) Foto: Caio Bruno/Alepi

O ex-deputado Robert Rios assumiu discurso de pré-candidato a vice-prefeito de Teresina durante entrevista na tarde desta quinta-feira (07), quando defendeu o nome de Dr. Pessoa (MDB) para a sucessão municipal, falou sobre estratégias dos partidos que lançaram pré-candidaturas, teceu críticas ao PSDB e anunciou filiação ao PSB.

Robert que perdeu a disputa para o senado em 2018, confirmou a composição de chapa com o MDB e defendeu o lançamento de pré-candidatos antes de 2020.

“Quando você tem candidato forte dentro de um partido você já o apresenta. O Elmano [Férrer] era prefeito de Teresina, todo mundo sabia que ele seria candidato à reeleição dois anos antes, Firmino era deputado estadual e todo mundo sabia que ele era candidato dois anos antes”, argumentou.

Para o ex-deputado, os partidos que possuem bons quadros já colocaram os nomes. “Os partidos que tem um candidato o apresentaram, o PSD já apresentou, o PL já apresentou, deputado Georgiano [Neto], o capitão Fábio Abreu, o MDB apresentou o Dr. Pessoa, o PSDB porque não tem candidato forte pra apresentar está discutindo internamente quem é o candidato, qualquer candidato do PSDB hoje tem uma margem de voto bem parecida, então não tem nenhum que se sobressaia diante de outro, se tivesse já tinha sido apresentado”, comentou.

De acordo com Rios, Dr. Pessoa no MDB é o nome mais lembrado em pesquisas de intenção de voto encomendadas pelo partido. “Quem é o candidato mais forte dentro do MDB? Lá tem pessoas preparadíssimas, Dr Pessoa, em toda pesquisa que se faz ele tem em torno de 45% das intenções de voto”, disse.

Robert Rios afirmou ainda durante entrevista que Firmino Filho critica a discussão política sobre 2020 por não ter candidato no PSDB que possa sucedê-lo.

“O governador Wellington Dias ganha eleição, assume o governo e já é candidato no próximo pleito e isso nunca atrapalhou a gestão, o prefeito Firmino filho assume e já é candidato no próximo pleito, nunca atrapalhou, porque que essa discussão agora ia atrapalhar? Agora está atrapalhando porque ele [Firmino] não tem um candidato forte para apresentar, então tem que dizer alguma coisa”, analisou.

Segundo Rios, o PSDB peca ao não apresentar o nome do ex-deputado Luciano Nunes como pré-candidato. “Estava pedindo apoio e voto do Luciano para mim e o para o Dr. Pessoa, eu disse: Luciano já que o PSDB não te quer, tem um homem do seu valor e teu partido não te quer porque até agora não colocou seu nome, te peço apoio”, revelou.

Robert Rios anunciou filiação ao PSB, partido que irá compor chapa majoritária com o MDB e criticou o PSDB de Firmino Filho. “PSDB é tão grande que parece ter dois partidos, tem o PSDB municipal que é do prefeito Firmino e tem o PSDB estadual que é do deputado Luciano, não tiveram nem muito bem unido na eleição passada e nem vai estar bem unido nessa”, concluiu.

Próxima notícia

Dê sua opinião: