ACUSAÇÃO

Tucano Marden Menezes diz que pessoas que votaram nele foram afastadas da PMT

Parlamentar afirmou ainda que não pretende deixar o PSDB, mas que é independente para se posicionar como quiser


Deputado estadual Marden Menezes

Deputado estadual Marden Menezes Foto: Reprodução/Facebook

Durante entrevista à imprensa na manhã desta terça-feira (04), o deputado estadual Marden Menezes afirmou que não vai deixar o PSDB, que não possui indicação política na prefeitura de Teresina, tampouco mantém vínculo com o Governo do Estado e assim se sente à vontade para se posicionar sobre o pleito municipal de Teresina deste ano.

"Pessoas que votavam em mim espontaneamente foram desligadas [da PMT] por votar em mim. Não tenho vínculo nem com o governo e nem com a prefeitura de Teresina e estou muito à vontade para fazer a análise que quiser, para me posicionar neste pleito", afirmou.

O parlamentar defendeu o nome de Silvio Mendes para disputar a prefeitura da capital em outubro por acreditar que ele é o melhor para Teresina.

"De todos os nomes que estão postos não vejo um melhor e mais qualificado que o do Dr Silvio Mendes. Torço, defendo e trabalho para que ele venha disputar a eleição. Torço para que seja pelo meu partido, o PSDB, se isso não acontecer tenho minha liberdade para me posicionar de acordo com minha consciência", frisou.

Por fim, Menezes assegurou que não pretende deixar o PSDB. "Não disputo eleição agora, então por quê pensar em troca de partido agora?", concluiu.

Próxima notícia

Dê sua opinião: