INFORMAÇÃO FALSA

Presidente do PSL no Piauí minimiza o sarcasmo de Bolsonaro: "é página virada"

Vereador Luis André afirmou que Bolsonaro não quis atingir a OAB


Fernando Santa Cruz e o documento que atestou o desaparecimento do estudante de Direito

Fernando Santa Cruz e o documento que atestou o desaparecimento do estudante de Direito Foto: Reprodução

Demonstrando a mesma “sensibilidade” peculiar de Jair Bolsonaro, o vereador Luis André - não por coincidência presidente do PSL no Piauí -, em entrevista nesta terça-feira à TV Cidade Verde, minimizou o sarcasmo do presidente da República ao ironizar o “desaparecimento” do pai do presidente nacional da Ordem do Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz. Luiz André considerou a declaração infeliz de Bolsonaro "página virada".

Irritado com uma informação falsa sobre a OAB, Bolsonaro afirmou, em entrevista na segunda-feira (29), que se o presidente da OAB quisesse contaria como morreu Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira, pai de Felipe Santa Cruz, executado pelo regime durante a ditadura militar.

“Para que serve essa Ordem dos Advogados do Brasil a não ser para defender quem está à margem da lei?", disse Bolsonaro. "Sobre os vazamentos, olha o meu caso: o telefone do Adélio, por uma ação da OAB, a Polícia Federal não pode entrar nele. Não podemos saber com quem ele conversou naqueles dias quando tentou me matar. Que Justiça é essa? Não quero generalizar a Justiça brasileira. Quem está criticando ou tentando incriminar o Moro, que aliás eu não vi nada demais, poderia fazer uma campanha em cima da OAB”, disparou o presidente, em entrevista à rádio Jovem Pan, na sexta-feira (26).

"Bolsonaro tem um problema pessoal com o próprio presidente da OAB, Felipe Santa Cruz. Ele não quis atingir de forma alguma a OAB, essa entidade que lutou pela democracia e continua lutando no combate contra a corrupção", desconversou o vereador.

"Nós temos que falar de coisas positivas, pela união da OAB, não só a daqui do Piauí, mas do Brasil. Acredito que isso é página virada e temos que pensar agora em melhorias para o Nordeste, para o Piauí, Brasil. Não acredito que ele quis atingir a OAB", insistiu, sem muita convicção.

Mortos e desaparecidos

A Comissão de Mortos e Desaparecidos do Ministério de Direitos Humanos emitiu na semana passada uma certidão de óbito afirmando que Santa Cruz "faleceu provavelmente" em fevereiro de 1974, no Rio de Janeiro, "em razão de morte não natural, violenta, causada pelo Estado brasileiro, no contexto da perseguição sistemática e generalizada à população identificada como opositora política ao regime ditatorial de 1964 a 1985".

Reforço

 O PSL tenta se reforçar para as eleições de 2020, inclusive tentando atrair lideranças políticas como o prefeito de Parnaíba, Francisco de Assis de Moraes Souza, o Mão Santa. "Vamos fazer esse trabalho para que o próprio Mão Santa se filiei ao PSL. Queremos lançar até 44 candidatados, 30 homens e 14 mulheres”, adiantou o presidente do PS

Fonte: MEIA PALAVRA

Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Paulo Pincel

Paulo Pincel

Paulo Barros é formado em Comunicação Social-Jornalismo/UFPI; com Especialização em Marketing e Jornalismo Político/Instituto Camilo Filho

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete

O STF deve afastar Deltran Dallagnol da chefia da Lava Jato?

ver resultado