REDES SOCIAIS

Regina Sousa: Bolsonaro pagou R$ 2,5 bilhões pela aprovação da Reforma da Previdência

A vice-governadora disse ainda que o "Brasil vive o seu momento burrice ostentação"


Vice-governadora Regina Sousa

Vice-governadora Regina Sousa Foto: Fernanda Ito Ota/Piauí Hoje

A vice-governadora do Piauí, Regina Sousa (PT), usou as redes sociais para falar sobre a aprovação do texto-base da Reforma da Previdência na Câmara Federal na noite dessa terça-feira (10). O governo Bolsonaro pagou R$ 2,5 bilhões aos deputados federais, entre 1º e 5 de julho, paraver aprovada a reforma da Previdência.

No Facebook a vice-governadora disse que o "Brasil vive o seu momento burrice ostentação". Já no Twitter, Regina Sousa acusou o presidente Bolsonaro (PSL) de ter comprado votos dos deputados para a aprovação da reforma previdenciária.

Na declaração, Regina Sousa faz referência aos R$ 178 milhões que o Governo Bolsonaro liberou justamente ontem (10), dia da votação na Câmara. Ao todo, o Palácio do Planalto liberou 148 emendas parlamentares, todas na área da saúde para fundos municipais de assistência básica, média e de alta complexidade. No pacote publicado em edição extra do Diário Oficial da União, foram beneficiados deputados do estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Rio de Janeiro, Sergipe e Pernambuco.

No Facebook, Regina Sousa lamentou por as pessoas que estão comemorando a Reforma da Previdência porque ontem a bolsa de valores subiu e o dólar caiu para R$ 3,759. Ironicamente, Regina questionou: "Pergunta se a criatura tem ações na bolsa de valores ou um dólar na carteira". 






Fonte: Redes Sociais

Próxima notícia

Dê sua opinião: