PSDB NO GOVERNO

Sílvio Mendes despacha MDB e adere ao coro de "Firmino Governador" em 2022

Ex-prefeito vai voltar para o PSDB, mas descarta candidatura a prefeito


Silvio Mendes

Silvio Mendes Foto: Divulgação

Depois da deputada e primeira-dama de Teresina, Lucy Soares, antecipar o debate político e a campanha eleitoral de 2022, ao lançar o nome do marido, prefeito Firmino Filho, o ex-prefeito Silvio Mendes também ressaltou as qualidades do tucano para ser o próximo governador do Piauí.

Sílvio Mendes não só lançou o nome de Firmino Filho ao governo, como admitiu retornar ao PSDB, de onde saiu rompido com o atual prefeito. Mendes considerou "impossível” se aliar à oposição ao Palácio da Cidade.

O ex-prefeito, que está sem partido, fez o comentário ao responder um questionamento sobre a reunião com o presidente do MDB no Piauí, deputado federal Marcelo Castro. “Não discutimos isso”.

Sobre as desavenças com Firmino Filho, Sílvio Mendes considera o assunto superado. “Temos uma longa estrada juntos. Temos defeitos e virtudes. Temos nossos pecados que já somos mortais. Firmino tem muitos defeitos. Quem não tem? Às vezes apontamos um dedo para os outros e tem quatro para você", argumentou.

Sílvio descartou retornar ao PSDB para ser o candidato à sucessão dee Firmino Filho. "Posso ir qualquer hora para o PSDB. Mas não está no meu projeto ser candidato a prefeito. Já fui prefeito. É preciso espaço para os jovens. Tem o princípio da renovação", justificou.

Fonte: MEIA PALAVRA

Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Paulo Pincel

Paulo Pincel

Paulo Barros é formado em Comunicação Social-Jornalismo/UFPI; com Especialização em Marketing e Jornalismo Político/Instituto Camilo Filho

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete

O STF deve afastar Deltran Dallagnol da chefia da Lava Jato?

ver resultado